Postagem única

Nossa Segurança Com Qualidade

Funcionários devidamente seguros com os equipamentos de segurança E.P.I e E.PC. Obra de Vale do Cuiabá – Petrópolis.

Nossa equipe trabalha dentro das normas de segurança e temos um nível de excelência na qualidade.  Diante dos desafios do trabalho feito em taludes que sofrem erosão, possuímos treinamentos e monitoramento com especialistas diariamente. Garantimos a qualidade e segurança para que nossos serviços mantenham sempre o padrão de eficiência estabelecido pela empresa.

Nossos funcionários são devidamente treinados para trabalhos em altura NR35 e acostumados a este tipo de serviço em sua rotina, o que acarreta a facilidade em qualquer característica de solo. O procedimento é feito da seguinte forma: Executa-se uma linha de vida na crista do talude onde as cordas são devidamente ancoradas e em seguida nosso pessoal está apto para descer na encosta. São utilizados equipamentos de segurança específicos para esta atividade, como: cinto de segurança paraquedista de cinco pontas com trava quedas, e outros.

A empresa possui os Programas legais aplicáveis de Saúde e Segurança e suas implantações, tais como PCMSO, PPRA/PCMAT, e no decorrer da obra a elaboração PCA, PPR, LTCAT, e Laudo Ergonômico e a elaboração desses programas especificamente para cada obra.

O programa VIVA SEGURANÇA estabelece responsabilidades de cada integrante quanto aos aspectos de saúde, segurança e meio ambiente, bem como estabelecer um ambiente organizado, seguro e salubre. Todos os colaboradores recebem treinamento sobre uso e conservação de EPIs. Sua utilização é obrigatória e monitorada pelo gestor e técnico de segurança presentes no campo.

EPIs e E.P.C

EPIs: Capacete de segurança com jugular, botas de segurança, óculos de segurança, protetor auditivo tipo plug, perneira, respirador semi facial PFF1, cinto de segurança tipo paraquedista com talabarte e trava quedas e uniforme.

E.P.C: Placas de sinalização, cerquite, corda 12MM, fita de demarcação zebrada e ancoragem/linha de vida.

 

 

 

 

 

 

 

Organização e armazenamento de materiais.

 


Veículos próprios à disposição da equipe.

 


Montagem de acessos para facilitar a locomoção e segurança.

 


Montagem dos andaimes tubulares à 40 metros de altura do leito do Rio Gualaxo.